Portugal é um dos cinco melhores países para a segunda cidadania

Tue 1 Sep 2020

Quais são os cinco melhores países para a segunda cidadania? Esta é uma questão que envolve uma avaliação do custo, dos procedimentos de candidatura e dos benefícios dos países envolvidos. Há vários artigos que foram publicados sobre temas relacionados. Por exemplo, um artigo identifica 12 países onde uma pessoa pode comprar um segundo passaporte. Um segundo artigo, identifica os cinco países mais baratos para onde se pode mudar, se quiser deixar os EUA. Num outro ainda, "países paradisíacos", onde se pode querer viver e trabalhar, são apresentados. No entanto, o foco principal destes artigos é a viagem, particularmente para as mulheres. Suponha, em vez disso, que está a falar seriamente sobre deixar a América, ou pelo menos a obtenção de um segundo passaporte, e que pretende obter informações mais concretas, restringe-se aos países que são verdadeiramente os melhores para obter uma segunda cidadania por investimento. Nesse caso, os cinco melhores países são Portugal, St. Kitts e Nevis, Granada, Malta e Nova Zelândia.

Portugal

Portugal não opera um programa de cidadania por investimento, o seu programa de residência Golden Visa é muito popular e pode levar à cidadania. Ao fazer um investimento, um requerente e dependentes recebem uma autorização de residência de cinco anos que lhes permite viver, trabalhar e reentrar livremente em Portugal. O acesso sem visto ao Espaço Schengen é outro benefício de uma tal autorização de residência.

Portugal é um país com muita história, cultura e grande gastronomia. Os residentes desfrutam de um clima quente, um ambiente seguro e vizinhos amigáveis. O país tem um sistema bancário bem desenvolvido e uma abordagem acolhedora ao sector tecnológico.

Portugal tem sido muito indulgente e acessível em fazer a devida diligência financeira com os seus requerentes do Golden Visa e essa é outra razão importante para destacar este país como a primeira escolha para um segundo passaporte. O país permite a dupla nacionalidade para que um requerente possa requerer a nacionalidade portuguesa após 5 anos de residência. Um passaporte português dá acesso a 185 países do mundo, incluindo o direito de livre circulação dentro de toda a União Europeia.

Leia o artigo original aqui.

 

Fotografia de Thibault Mokuenko em Unsplash

Aljezur, Portugal

Our website, like many others, uses cookies to help us customise the user experience. Cookies are important to the proper functioning of a site. To improve your experience, we use cookies to remember log-in details and provide secure log-in, collect statistics to optimize site functionality and deliver content tailored to your interests.

Agree and Proceed
X