Cais Do Sodré

16 propriedades

Onde os marinheiros desembarcam

Sodré era o apelido de uma família do século XV com atividade associada ao comércio marítimo. Com o passar do tempo, toda esta zona passou a chamar-se “Cais do Sodré”, incluindo a praça que se vê em frente ao cais. Os marinheiros partiam assim para as suas viagens e descobertas de Belém regressando à cidade, mais tarde, pelo Cais do Sodré. Atualmente, toda a zona envolvente a este Cais tem vindo a sofrer uma intensa transformação e reabilitação urbana, tornando-se numa das áreas mais vivas, movimentadas e ecléticas da cidade. A oferta cultural, de cafés, restaurantes, bares e pubs é abundante e diversificada, prolongando-se ao longo de inúmeras ruas e ruelas, sendo que uma das ruas mais emblemáticas de diversão noturna, é a Rua Cor de Rosa. Outro dos pontos de referência deste bairro é o Mercado da Ribeira ou Mercado Time Out, onde após uma reabilitação profunda deste mercado em 2014, consegue agora encontrar durante as manhãs um fantástico mercado de produtos frescos, mas a oferta vai mais além, deixando o melhor de Lisboa debaixo do mesmo teto: os melhores chefs de cozinha, restaurantes, eventos culturais e workshops de cozinha ou experiências culturais.

Esta zona cosmopolita da cidade, situada entre o Chiado e o Rio Tejo, considerada a zona ribeirinha, está em grande transformação e requalificação, oferecendo não só inúmeros projetos residenciais de qualidade, mas também novos hotéis e espaços culturais que estão a tornar esta zona cada vez mais atrativa para residentes mas também para investidores e turistas.

Our website, like many others, uses cookies to help us customise the user experience. Cookies are important to the proper functioning of a site. To improve your experience, we use cookies to remember log-in details and provide secure log-in, collect statistics to optimize site functionality and deliver content tailored to your interests.

Agree and Proceed
X